Filiado ao Observatório Social do Brasil

Observatório Social do Brasil

Observatório Social

Observatório Social

Como nasceu?

 

Que é Observatório Social

O termo “Observatório Social” designa um movimento pela transparência na administração pública que tomou corpo a partir de uma Convenção das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná, realizada em 2005, na cidade de Maringá.

A partir desta reunião, foi criado em 2006 o Observatório Social de Maringá e na sequência o Observatório Social do Brasil - OSB, órgão que orienta e controla todos os demais Observatórios do Brasil através da Rede de Controle Social.

Além da preocupação com a correta aplicação dos recursos públicos e a transparência, os Observatórios Sociais desenvolvem programas de educação fiscal dirigidos ao cidadão para conscientizá-lo dos seus deveres e direitos, estimulá-lo a praticar o voluntariado e prevenir a corrupção. Uma característica fundamental dos Observatórios Sociais é que eles são criados a partir dos anseios da sociedade civil, mantidas sem quaisquer recursos públicos e constituídas por dirigentes e voluntários sem vínculo político-partidário.

Atualmente, em 2022, estão em atividade, Observatórios Sociais em 132 municípios de 17 estados. Em Santa Catarina funcionam 30 Observatórios municipais e o primeiro Observatório Estadual do país.


Social

Todos os Observatórios trabalham de forma padronizada e integrada, orientados pelo Observatório Social Brasil - OSB, com sede em Curitiba, que concede filiação aos Observatórios para formar a Rede de Controle Social.

Para que um Observatório Social possa ser certificado pelo Observatório Social Brasil e fazer parte da Rede de Controle Social, ele precisa, entre outras, ter as seguintes características:

  • Seguir as normas do Observatório Social do Brasil, que regem a implantação e o funcionamento de todos os Observatórios brasileiros;
  • Manter independência jurídica, administrativa e financeira;
  • Utilizar identidade visual padronizada (logotipos, cores, etc.);
  • Manter-se integrado à Rede de Controle Social.

 

Em resumo

Observatório Social é uma entidade civil autônoma, apolítica e sem fins lucrativos cujos objetivos são:

  • Promover a Educação fiscal: Educar o cidadão para compreender melhor, saber cobrar e envolver-se mais com os impostos e as despesas do poder público, especialmente do seu município;
  • Acompanhar os gastos públicos através de observações e acompanhamentos das licitações e contratos realizados pelos órgãos públicos;
  • Tomar ações efetivas para corrigir os desvios, solicitar explicações aos responsáveis, cobrar providências e em última instância, levar o problema ao Ministério Público.

       Clique aqui para ver todos os Observatórios do Brasil